Muniz M-11

   O M-11 foi desenvolvido por Guedes Muniz no Serviço Técnico da Aeronáutica, sediado no Campo dos Afonsos. À exemplo do M-7 e do M-9, o M-11 era também uma aeronave de treinamento primário, mas apresentava uma concepção consideravelmente mais avançada do que seus antecessores. Voou pela primeira vez em 28 de outubro de 1941 e acumulou milhares de horas de voo sem nenhum problema técnico. Na época em que começou a ser produzido, porém, o Ministério da Aeronáutica havia recebido dezenas de treinadores norte-americanos pelo programa Lend and Lease e já havia iniciado as negociações para produção de aeronaves sob licença. Mesmo assim, foram produzidas 16 aeronaves M-11 utilizadas para testes pela FAB. O protótipo recebeu o registro TP-1 (Treinador Primário de 1° modelo), acumulando mais de quatro mil horas de voo até ser aposentado em 1949. Características Técnicas: Biplace, em tandem, com duplo comando. As Características do M-11 eram: Trem de pouso convencional, fixo. Motor: Gipsy inglês, 200Hp Hélice: Bipá de madeira e passo fixo Material: madeira nacional, tela envernizada Status: 16 exemplares construídos Performance: Primeiro voo: 28 de outubro de 1941. fotos - Internet